Baby Yoga & Yoga Pós-parto

O Pós - Parto é um período muito importante e deve ser bem trabalhado, assim como foi a gravidez.

Para poder amamentar com tranqüilidade a mulher deve estar feliz e não nervosa, como muitas vezes acontece. A atenção de todos deixou de ser para ela e passou a ser para o bebê. Ela não tem muito tempo para cuidar da sua beleza. O guarda-roupa dos últimos nove meses não serve mais. O abdome ainda encontra-se avolumado e o quadril também.

Enfim, muitas condições adversas. Por esses motivos o yoga pós–parto é recomendado. É uma série mais ousada, com maior número de exercícios para pôr a barriguinha no lugar, inclusive de dentro para fora, ou seja, útero e adjacências, tonificar as pernas, nádegas, alongar as costas, que ficam tensas durante a amamentação, fortalecer a musculatura do braço, que necessita de carregar o bebê, e equilibrar a mente e as emoções.

O mais importante do yoga pós-parto é que a mãe pode continuar tendo o bebê em sua companhia, só que em vez de estar dentro da sua barriga, ele estará em cima dela ou ao lado!


Praticar Yoga junto com seu bebê proporciona benefícios para ambos. É uma maneira deliciosa de voltar a praticar uma atividade física com a vantagem de poder ter o bebê ao seu lado. Fortalece o vinculo mãe/bebê e proporciona relaxamento aos dois. O bebê se distrai, acalma e relaxa com os toques, balanços, músicas, mantras e massagens.As posturas são adaptadas para que mãe e bebê façam uma dupla.

A prática pode ser iniciada quando o bebê começa a ficar mais "firme", entre dois meses e meio e três, e continuar enquanto a dupla funcionar junta! E o mais importante: mãe relaxada e feliz = bebê feliz e tranquilo.



Fontes: http://www.babyyoga.com.br/
e
http://marciapeltier.ig.com.br/home.asp?id=3728
.

Comentários