15 de fevereiro de 2011

A formação de Parteiras no Brasil

4 comentários:

  1. Acredito que quem faz esse tipo de curso de "parteira" deveria receber sim o registro profissional como "obstetriz" e quem faz a especialização após concluir o curso de enfermagem de "enfermeira obstétrica"....logicamente que quem fez enfermagem primeiro terá uma formação mais ampla...mas nada impede que as obstetrizes prestem assistência humanizada a partos naturais.....

    ResponderExcluir
  2. Carol_lineb, eu concordo com você! Acho que faltam profissionais para prestar assistência humanizada ao parto e puerpério! Devemos incentivar essa iniciativa!

    ResponderExcluir