Estudo aumenta chance de sucesso em fertilização artificial

A fertilização artificial verifica os cromossomos no embrião em desenvolvimento, permitindo que apenas embriões com melhores chances de sucesso sejam utilizados na técnica


Pessoas que não conseguem ter filho, por algum problema de saúde ou alguma alteração no organismo, têm a opção de realizar a técnica de fertilização artificial, porém, agora com procedimentos mais bem-sucedidos.

Isso porque um recente estudo britânico examina embriões, podendo dobrar as chances de uma fertilização artificial próspera. Já são mais de 20 bebês que nasceram com a ajuda desta técnica e o próximo passo dos pesquisadores é disponibilizar o método para mais pessoas.

O enfermeiro e tutor do Portal Educação, Alisson Daniel, explica que esta nova técnica vai contribuir para o planejamento familiar de vários casais, devido à possibilidade da mulher engravidar mais rápido.

“Com o aumento da taxa de fertilização, mulheres com idade mais avançada poderão ter seus filhos mais rapidamente, evitando o avanço na taxa de mortalidade, tanto materna quanto do seu bebê”, ressalta o tutor.

A fertilização artificial verifica os cromossomos no embrião em desenvolvimento, permitindo que apenas embriões com melhores chances de sucesso sejam utilizados na técnica. Hoje é possível realizar o procedimento em apenas algumas clínicas particulares do Reino Unido e custa 2 mil libras, o equivalente a R$ 5.700,00

Fonte: http://www.portaleducacao.com.br/educacao/noticias/40005/estudo-aumenta-chance-de-sucesso-em-fertilizacao-artificial

Comentários