Adaptação ao cotidiano de mãe


* Um bom mantra para quando você chegar em casa com o bebê é: o primeiro mês não dura para sempre. Repita várias vezes ao dia porque, sim, ele vai parecer eterno! Tudo ficará meio confuso, principalmente porque você não terá muito tempo para dormir e ainda estará descobrindo a rotina com o seu filho.

* A regra clássica é: durma entre as mamadas. Recém nascidos praticamente só mamam e dormem. Depois que ele dormir, deite também. Tente isso na maioria dos intervalos. Naqueles em que você estiver mais descansada, aproveite para tomar banho, comer...

* Tenha alguém para ajudar com o bebê. Pode ser o pai, sua mãe, sua irmã, a melhor amiga. O importante é não se sentir sozinha e dividir as responsabilidades. Algumas decisões são mais fáceis de serem tomadas a dois, como o que fazer no caso de febre.

* Também escolha uma pessoa, se possível, para ajudar na casa. Ver a sala arrumada e a cozinha em ordem dará uma sensação maravilhosa de controle sobre sua vida.

* Combine para que ele acorde nas mamadas noturnas, faça companhia e ajude se você estiver muito cansada. Isso faz bastante diferença.

* Tire o pijama todos os dias de manhã, por mais que isso lhe pareça sem sentido no momento. E não vale colocar outro. Escolha uma roupa confortável, penteie o cabelo e renove suas energias.

* Não se acanhe de adiar as visitas. Uma boa ideia é receber apenas os mais chegados, aqueles que não terá problemas de mandar embora ou pedir socorro se o bebê tiver uma crise de cólicas.

* Esses primeiros meses vão acabar. Quando menos espera, a rotina já se estabeleceu e você organizará melhor seu tempo, com momentos para relaxar, passear um pouco, conseguir enxergar sua casa novamente.
 
 
 
Fonte: http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI84879-10586,00-A+ADAPTACAO+DA+GRAVIDA+AO+COTIDIANO+DE+MAE.html
 
.

Comentários