Enzo - o tagarela!

Todo mundo acha super fofo quando bebês fazem aqueles típicos sons fofinhos e engraçados, mas Enzo com seus 3 meses já faz é um monólogo!!!
Pode ser bem tarde da noite ou logo cedinho às 5h da manhã, do nada ele começa a conversar, a narrar algum fato olhando fixamente pra gente como se todo mundo estivesse entendendo tudo que ele conta ou reclama (e ele reclama bastante! hehe)
Pode ser a  imaginação criativa de mãe coruja mas os sons que ele balbucia as vezes parecem até palavras! Juro!!
Olha a lista que eu fiz do que eu acho que já ouvi Enzo falar:
- neneim (neném?)
- main (mãe???)
- uhú
- é
- ãun (não?)
- oba
- elga (quem é essa filho?)

Tá bom... confesso que só eu que entendo o dialeto do meu filho! 
Mas e se a palavra que ele falar primeiro, assim de verdade, for papai ??? Eu queria mesmo que fosse "mamãe" né!! 

E Quando é que o bebê realmente começa a falar?
" Ao completar uma ano de idade, o bebê já é capaz de falar, em média, cinco palavras. Os primeiros vocábulos são nomes de objetos, mas que, na linguagem da criança, significam ações. Assim, “papá” pode ser “eu estou com fome”. Aos 18 meses, ela começa a se comunicar com frases curtas, de duas palavras, como, por exemplo, “qué mamá”. No final do segundo ano de vida, o vocabulário do seu filho dá um salto, compreendendo até 300 palavras. “Embora o processo seja acelerado, é bom lembrar que cada criança tem o próximo ritmo”, alerta a fonoaudióloga e psicopedagoga Quézia Bombonatto. Segundo a especialista, a melhor maneira de estimular o desenvolvimento da fala da criança é simples: “os pais têm de interagir o tempo inteiro, pontuando as ações, fazendo perguntas e, principalmente, deixando que ela fale também”, ensina Quézia. Por isso, nada de entregar tudo o que o bebê apontar sem que ele ao menos se esforce para pedir, caso contrário, ele não sentirá necessidade de se comunicar. "
Fonte: http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI15575-15105,00.html

Comentários