25 de janeiro de 2019

Trabalhando as Emoções na Psicoterapia Infantil

Divertidamente (Inside out) é um filme de 2015 que além de ter uma história linda é extremamente rico para trabalhar as emoções com crianças e adolescentes.

Mas o que são Emoções?

Twain (2010) afirma que as emoções são expressões afetivas intensas dirigidas a alguém ou a alguma coisa, diferente de sentimento que é menos intenso e mais durável do que as emoções. Estudos de Ekman (1973) e Izard (1971) demonstraram a existência de seis emoções universais: cólera, nojo, medo, alegria, tristeza e surpresa. No filme, as emoções que vivem na mente da menina Riley são a Alegria, a Tristeza, o Raiva, o Medo e a Nojinho.


Por que é importante trabalhar as emoções na clínica infantil?

As emoções são essenciais na adaptação e integração do indivíduo às circunstâncias e experiências do dia-a-dia, podendo provocar respostas comportamentais face à perceção de perigo ou objetivo e determinar o combate ou fuga, de que é exemplo a paralisação do sujeito quando entra em pânico. As emoções podem também motivar o sujeito para a realização da concretização de um sonho ou mesmo na procura de melhores condições de vida (Silva, 2011).
A psicoterapia infantil auxilia no desenvolvimento de competências e habilidades e socioemocionais que proporcionam a criança e sua família a diminuição do sofrimento e das dificuldades enfrentadas, contribuindo para maior qualidade de vida.

Maylu Souza
Psicóloga Perinatal e Infantil
CRP03/IP17190

Referências : ARRUDA, M.J.F.C. O ABC DAS EMOÇÕES BÁSICAS. Implementação e avaliação de duas sessões de um programa para a promoção de competências emocionais. Um enfoque comunitário. UNIVERSIDADE DOS AÇORES. Disponível em: https://repositorio.uac.pt/…/DisserMestradoMarleneJesusFerr…




Nenhum comentário:

Postar um comentário