Bem nutrida e sem enjoo


Durante a gravidez, os alimentos certos garantem o bem-estar da mamãe e a saúde do bebê. Veja como comer corretamente e sem indisposições.

Umas sentem fome demais, e outras ficam com menos apetite. Umas enjoam muito, e outras, nada. É provável que até hoje não tenham surgido duas grávidas com exatamente os mesmos sintomas. Todas, porém, precisam prestar atenção no que e quanto comem.

“Quando a mulher sofre essas sensações desagradáveis, que a deixam indisposta, há algumas atitudes que podem minimizar enjoos e vômitos”, diz a nutricionista Solange de Oliveira Saavedra, gerente técnica do Conselho Regional de Nutricionistas de SP e MS. São elas:
• Comer em pequenas quantidades, dividindo as porções em intervalos curtos, a cada duas ou três horas

• Preferir alimentos bem secos, como bolachas do tipo água e sal e torradas, principalmente no período da manhã

• Mastigar bem

• Não deitar logo após se alimentar

• Consumir líquidos apenas no intervalo das refeições

• Evitar frituras, doce e comidas muito temperadas

• Consumir alimentos mais frios e com pouco aroma

• Chupar um cubinho de gelo feito com água de coco ou suco de fruta quando o enjoo vier.


Para evitar que o estômago ronque, procure fracionar a alimentação diária em pelo menos seis refeições. “A dieta da gestante deve conter todos os nutrientes básicos e essenciais, como proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas, minerais, água e fibras”, afirma Solange. Ela lembra que o ácido fólico é essencial para a boa formação do tubo neural do feto e que ele é adicionado à farinha de trigo branca pela indústria, assim como o mineral ferro, fundamental para prevenir anemia.

Confira o que não pode faltar no cardápio da gestante para assegurar uma boa nutrição a ela e ao bebê, minimizando as chances de sentir fome:

HORTALIÇAS


Agrião, alface, rúcula, brócolis, couve , abóbora, cenoura, chuchu, repolho, beterraba, quiabo, jiló etc. 2 vezes ao dia.


LEGUMINOSAS

Feijões (de todo tipo), ervilha, lentilha, soja ou grão-de-bico – escolher apenas um por vez. 1 vez ao dia.


FRUTAS

Valem todos os tipos, mas procure comer sempre uma fruta rica em vitamina C, caso das cítricas, da goiaba e da acerola 3 a 5 porções por dia (podem ser consumidas in natura, na forma de suco ou batidas com leite ou iogurte).


CARNES

Aves, peixes, carne bovina (eventualmente, substitua por ovos ou miúdos). 2 vezes ao dia.


CEREAIS, TUBÉRCULOS E OUTROS

Arroz, massas (macarrões ou pratos à base de farinha de trigo, como tortas) ou raízes e tubérculos (batata, mandioca, mandioquinha, inhame, cará, batata doce) – escolher uma categoria por vez. 2 vezes ao dia.


PÃES E SIMILARES

Pães, biscoitos, bolos torradas e cuscuz – escolher apenas um por vez. 2 vezes ao dia.


LEITE E DERIVADOS
Leite, queijo, coalhada e iogurte – escolher apenas um por vez. 2 vezes ao dia.




Fonte: http://bebe.abril.com.br/canais/abitrigo/dieta-gestante/cardapio-fracionado.php?pgnum=0
.

Comentários