Como cuidar da beleza na gravidez


1-Posso usar esmalte durante a gravidez?

Não existe nenhuma contra-indicação em usá-los durante a gestação, porque eles têm quantidades muito pequenas de substâncias que poderiam ser tóxicas ao feto. Só evite se você for alérgica ao produto. Mesmo assim, as alterações encontradas, como dermatite de contato alérgica, ou por irritação primária, não prejudicam a gravidez.

O problema encontra-se na quantidade de acetona do removedor de esmaltes. Não há estudos que mostrem sua segurança, portanto deve-se usar o menos possível. No parto, é indicado não pintar as unhas, pois elas são um sinal importante para o anestesista.


2- Como evitar o surgimento de estrias na barriga e nos seios?

Para começar, não engordando demais. Controle o peso e hidrate a pele com cremes à base de uréia e óleos essenciais como os de amêndoa, avelã, oliva e calêndula. A dica é aplicar porções generosas em todo corpo após o banho, especialmente nas áreas mais propensas como quadris, abdome e seios.


3- Porque surgem espinhas na face e no pescoço?

Por causa dos hormônios, responsáveis pelo aumento da produção das glândulas sebáceas na gestação e, consequentemente, da oleosidade da pele. O ideal é usar cremes com ácido salicílico, fazer limpeza de pele com luzes antiinflamatórias e peelings de cristal.


4- Por que a mulher grávida não pode pintar o cabelo?

O uso de alguns tipos de tintura de cabelo não é contra-indicado, mas, por precaução, recomenda-se sua utilização apenas a partir do segundo trimestre. È importante usar só tinturas industrializadas de procedência segura, pois eventuais laboratórios clandestinos podem fazer produtos com substâncias tóxicas. As tinturas antigas continham chumbo, o que aumentava as chances de aparecerem alergias na mulher, além de ser tóxico ao feto.

Os produtos modernos têm pouca quantidade de amônia e substâncias alcóolicas, mas na dúvida é melhor evitar colorir o cabelo antes do terceiro mês. Mesmo depois dessa fase, embora não haja comprovação de que as substâncias químicas usadas nas colorações causem problemas ao feto, não se aconselha o uso de tintura de longa duração.

O melhor é aplicar hena ou tonalizantes, que saem com as lavagens. As mechas também também não são recomendadas porque a absorção de substâncias não é feita exclusivamente pela raiz, mas por todo o couro cabeludo. Dependendo da tintura, pode causar um processo alérgico. Por precaução, é melhor esperar também o final do terceiro trimestre, pois a gestante, ao contrário de uma mulher que não está grávida, não pode fazer o uso de qualquer tipo de medicação se desenvolver uma alergia.


5- Posso fazer escova progressiva no cabelo?

Quem já tem história prévia de alergias não deve fazer durante toda a gestação. As demais precisam esperar até o fim do terceiro mês, por causa dos riscos de ocorrer um processo alérgico, mais comum entre as mulheres grávidas.


6- Por que o rosto mancha? O que fazer?

A pigmentação na gravidez é resultado da intensa ação hormonal na Segunda fase da gestação. Os hormônios da placenta, do bebê e da própria mãe agem sobre a pele, podendo criar manchar hiperpigmentadas. Isso aumenta a sensibilidade da pele ao sol, fazendo com que cerca de 75% das gestantes apresentam melasmas (manchas amarronzadas que aparecem nos dois lados do rosto, especialmente nas bochechas, no queixo e na área entre os lábios e o nariz).

Para evitá-las, é necessário usar filtro solar todos os dias com FPS acima de 30, mesmo quando se está dentro de casa. E reaplicá-lo no meio do dia. Os cuidados devem ser ainda maiores na praia e na piscina: use sempre chapéu e óculos escuros com FPS, não tome sol direto no rosto e não se exponha por longos períodos.

Os melhores horários são antes das 11 horas e após as 16 horas. Para amenizar as manchas são indicados peelings superficiais com ácido glicólico ou alfa-hidroxiácidos. Os tratamentos com substâncias despigmentantes só podem ser feitos após a amamentação.


7- Exercícios abdominais são permitidos durante a gestação? Quais as atividades físicas mais indicadas?

As opiniões dos especialistas divergem. Alguns acham que devem ser restringidos durante a gestação. Outros acreditam que no início da gravidez a mulher pode fazer abdominais sem causar nenhum prejuízo ao feto, mas a medida que a barriga for crescendo , mesmo se ela quiser, não conseguirá mais, pelo desconforto.

No entanto, existem alguns exercícios que podem ser feitos naqueles equipamentos desenvolvidos especialmente para abdominais, em que a grávida não fica na posição supina (deitada reta).

Se a gestante é sedentária, não poderá começar a se exercitar ao engravidar. Para as ativas, as melhores opções são as modelidades de baixo impacto, como caminhada, natação, hidroginástica, ioga e pilates. Antes delas, porém, converse com seu médico.


8- Como evitar os pés inchados durante a gravidez?

O inchaço dos pés na gestação pode ser resultado da ação do peso do útero sobre os vasos pélvicos e acontece com mais frequência no final da gravidez. Repousar com os pés elevados, duas vezes ao dia, costuma melhorar bastante esse sintoma.

Aproveite o fim da noite e todos os momentos livres que tiver para colocar as pernas na posição horizontal e, assim, facilitar o retorno do fluxo de sangue e evitar o inchaço. Também é fundamental beber muita água e comer de forma equilibrada, aumentando a quantidade de alimentos com bastante líquido (melão, melancia, tomate, pepino).

A ingestão de sal deve diminuir e a de proteína, aumentar, pois sua deficiência também pode causar retenção de água. É recomendado, ainda, o uso de meias de média compressão.


9- Há algum perigo em usar cremes para a pele que contenham vitamina C? E ácidos?

São contra-indicados os cremes e loções à base de ácido retinóico, adapaleno e fenol, assim como qualquer tratamento com isotretinóina, porque estas substâncias provocam malformações fetais.

O correto mesmo é suspendê-los ao planejar um bebê. Os formulados com retinol, elastina , alfa-hidroxiácidos ou ácido glicólico não oferecem riscos. Quanto à vitamina C, a gestante pode usar, desde que nunca tenha apresentado quadros alérgicos, por causa dela.


10- Estou com quase 4 meses de gravidez e sempre pratiquei exercícios. Posso continuar a fazer musculação e boxe tailandês?

A gravidez é um fato limitante para ambas as atividades físicas. Os riscos de traumas (que podem causar descolamento da placenta, sangramento e até a morte do feto), comparados aos benefícios, são muito maiores, por isso é indicado que procure outros tipos de exercícios, a menos que você seja uma atleta de elite.

No caso da musculação, existem médicos que defendem que a gestante pode dar continuidade se já estiver acostumada, desde que não tenha tido nenhum sangramento nem parto prematuro em uma gestação anterior. Para isso, porém, é preciso a liberação do obstetra e os treinos deverão ser adaptados ao seu novo estado.



Fonte: http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI75181-10484,00.html
.

Comentários