Fetos e bebês também sonham!


E sonham mais que os adultos. Os sonhos acontecem no estágio do sono conhecido como REM (sigla em inglês para Movimento Rápido do Olho). Nos adultos, essa fase ocupa cerca de 25% do tempo em que se está adormercido; nos fetos, que dormem, sim, chega a 30% a partir do oitavo mês de gravidez; e nos recém-nascidos, a 50%.

Faz sentido: o sonho serve para armazenar na memória fatos que aconteceram no dia ou no passado. Como o aprendizado diário do feto e do bebê é mais intenso que o do adulto, é natural que sonhem mais, pois têm muito mais informações para ordenar.

Eles sonham com sensações e sons do seu dia-a-dia, mas não com imagens bem definidas, diz a psicanalista Regina Chu Carvalho, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. No caso dos bebês é possível que o seio, a amamentação e a fala da mãe estejam presentes, completa Regina.



Fonte: http://super.abril.com.br/superarquivo/1998/conteudo_116653.shtml
.

Comentários