Mãe saudável no pós-parto

Não é só o bebê que precisa de cuidados. Além do sono e da alimentação em dia, é fundamental ter um tempo para si mesma e aceitar as novas emoções. Assim tudo fica muito mais tranquilo. Confira 5 dicas infalíveis:

Sono

As primeiras noites com o recém-nascido podem ser turbulentas. O dorme-e-acorda do bebê, as cólicas e as mamadas frequentes fazem com que você não descanse o suficiente, o que poderá comprometer seu humor e disposição no dia seguinte.

Calma! Além de essa fase não durar para sempre, há o que fazer. A principal dica é: durma enquanto o seu bebê dorme. Outra sugestão, e não vale ter receio de pedir, é solicitar ajuda do seu companheiro, mãe, amiga, para ficar com o bebê enquanto você descansa um pouco.


Alimentação

Principalmente se estiver amamentando, é importante seguir uma dieta equilibrada, com cerca de 2.500 calorias por dia. Alimentos saudáveis, como frutas, legumes e carnes magras devem fazer parte de sua alimentação. Beba também água várias vezes ao dia e não fique muito tempo sem comer. Evite alimentos pesados, condimentos, embutidos, cafeína, que podem ainda trazer algum desconforto para o bebê pela amamentação. Bebidas alcoólicas estão proibidas nessa fase.



Exercícios

Depois do parto, antes de começar qualquer atividade física, consulte seu médico. A recomendação, em geral, é voltar a se exercitar depois de 60 dias, no caso de parto normal, e 90 dias se foi cesárea. Mas vá com calma! Comece com uma caminhada e exercícios de baixo impacto, para voltar aos poucos à resistência física. Converse com um profissional para elaborar um programa específico para você!


Um tempo pra você

Sim. Lembre-se que você agora é mãe, mas continua sendo mulher. Aceite ajuda de algum parente ou amigo para auxiliá-la nos cuidados com o bebê para que possa ao menos reservar um tempinho (de preferência diário) para você e seu marido.

- Quando o bebê estiver dormindo, que tal um banho com óleos relaxantes?

- Leia um bom livro (de preferência que não seja sobre maternidade), uma revista, ouça uma música;

- Converse com uma amiga. Enquanto o bebê dorme ou alguém cuida dele para você, telefone para uma amiga. Falar com um amigo sempre faz um bem enorme;

- Saia com seu marido nem que seja por uma horinha para um café na esquina. Essa atitude trará um alívio para ambos, além de aproximar o casal, que nesse momento fica com a atenção focada no bebê.



Sem cobranças demais

Depois de nove meses sendo o centro das atenções, agora você dá a vez para o bebê. Respeite o que está sentindo e sua vida ficará mais leve:

* Não se cobre tanto. Enquanto você teve nove meses para absorver a gravidez, terá menos de um dia para deixar de ser gestante e virar mãe. Certo desequilíbrio é bem normal e esperado.

* A maternidade exige que você não seja rígida. Se o bebê mamava de três em três horas na semana passada, pode ser que a partir de hoje faça intervalos diferentes. É preciso ter jogo de cintura.

* Não se importe de chorar um pouco, se quiser. O choro nem sempre é de dor, pode ser apenas uma forma de desabafar, de se acalmar com a situação. Depois, quando olhar seu bebê, você volta a sorrir



Fonte: http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI77410-10586,00-MAE+SAUDAVEL+NO+POSPARTO.html
.

Comentários