Dormir bem na gravidez

Durante o tempo de gestação, as grávidas costumam ter dificuldades em adormecer. Por isso aqui ficam alguns conselhos que a poderão ajudar a contrariar essa tendência, permitindo-lhe, ao mesmo tempo, descançar e desenvolver uma gravidez saudável.

Bebidas

Corte na cafeína. Reduza o consumo de cafeína, ingerindo menos café, menos chá preto ou verde, alguns refrigerantes e comendo menos chocolates. Deve mesmo evitar bebidas com cafeína durante a tarde e a noite.

Beba chá de camomila. Este chá pode acalmar os nervos, ainda que não existam provas científicas que a camomila seja um leve sedativo. Este chá também poderá ajudá-la a sentir-se melhor no caso de sofrer de indigestão, flatulência, espasmos gastrointestinais ou inflamações do trato gastrointestinal.

Beba leite morno ao deitar. Alguns estudos revelam que o leite contém um aminoácido que torna as pálpebras pesadas aumentando o nível de serotina no cérebro, mas também há especialistas que entendem que o efeito de sonolência provocado pelo consumo de leite morno não passa de mera imaginação. Mas até aqui tem funcionado!

Beba menos água a partir do final da tarde. Apesar de a grávida dever beber muitos liquidos, é desejável que o faça em menor quantidade a partir do final da tarde, de forma a reduzir o número de idas ao banheiro durante a noite.


Comidas

Faça um pequeno lanche antes de se deitar. Há especialistas que defendem que alimentos como o pão e as massas podem promover o sono. Assim sendo, faça um lanche muito ligeiro antes de se deitar, o que servirá também para evitar as náuseas.

Evite refeições e comidas picantes antes de se deitar. As comidas e alimentos picantes, assim como as grandes refeições antes de ir dormir podem provocar-lhe azia. Estas refeições devem ser feitas duas a três horas antes de se deitar.



Técnicas de Relaxamento

Existem algumas técnicas de relaxamento que contribuem para um maior relaxamento da mente e do corpo, e que a podem ajudar a adormecer.

Fazer ioga ou alongamentos são boas técnicas que a grávida pode utilizar para descontrair.

As massagens também são uma boa opção, mas há que escolher um massagista com experiência em massagens para grávidas. Se preferir, pode pedir ao seu companheiro que lhe faça uma pequena massagem nos pés ou no pescoço antes de se deitar e verá que tambêm isto pode resultar.

Respire fundo. Respirar fundo baixa a pressão arterial e relaxa a musculatura, o que pode fazer com que durma melhor. Deite-se de costas com as pernas afastadas a toda a extensão dos ombros ou, se achar esta posição desconfortável, durma de lado com uma almofada entre as pernas. Feche a boca, inspire profunda e lentamente pelo nariz de forma a sentir os pulmões cheios. Retenha o ar, conte até quatro e expire, de novo, pelo nariz. Repita várias vezes.

Pratique exercício físico durante a gravidez. A prática de exercício é benéfica para o bem estar físico e mental da grávida, uma vez que a deixa mais cansada, o que a ajudará a dormir melhor. Porém não deve praticar exercício físico perto da hora de se deitar, mas sim, pelo menos, até três a quatro horas antes.


Outros Conselhos

Durma sobre o lado esquerdo. Esta posição não só incrementa o fluxo do sangue e dos nutrientes para o útero e para o bebê, como é favorável ao trabalho dos rins. Para um maior conforto, a grávida pode colocar uma almofada entre as pernas, na zona dos joelhos, o que ajuda a suportar a parte inferior das costas.

Tire uma soneca. Dormir durante o dia, se bem que possa prejudicar o sono noturno, é uma forma de combater a fadiga que a grávida sente ao longo do dia.
Aromaterapia. Especialistas em aromoterapia, dizem que a lavanda tem um aroma agradável, que pode ajudar a grávida a adormecer. Espalhe algumas gotas de lavanda na almofada e na água do banho. Se, ainda assim, não conseguir adormecer, não fique às voltas na cama, nem a olhar para o teto. Levante-se e mude de divisão. Leia ou ouça música, pode ser que o sono venha.

Se as dificuldades em adormecer permanecerem, o melhor é consultar o médico.

Fonte: http://www.materlife.com.br/materlife/?p=177
.

Comentários