Qual a melhor idade para engravidar?


As mulheres tem esperado cada vez mais para engravidar. As prioridades são os estudos e a carreira e só depois disso que as mulheres vão pensar em casar. Os filhos ficam então para um plano ainda mais distante. Esperam a estabilidade no casamento, às vezes aguardam a casa própria e então começam cogitar a possibilidade de, quem sabe, parar de tomar os remédios e aumentar a família.

O problema disso é que hoje em dia ouvimos falar muito mais em problemas de fertilidade, coisa que há alguns anos parecia tão raro. A infertilidade é um problema da mulher moderna.

Segundo alguns médicos, em termo biológicos, a melhor idade para engravidar seria entre 18 e 20 anos. E até os 28 anos a mulher consegue engravidar sem maiores dificuldades.  

O Diretor da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana e do Setor de Infertilidade Conjugal do Hospital Pérola Byington, Artur Dzik diz que engravidar tardiamente pode trazer consequências negativas para a saúde da mãe e do bebê. “A prevenção do câncer de mama e de ovário associada à maternidade é mais frequente nas mães que têm entre 20 e 30 anos”, exemplifica.

“Além disso, o risco de ter diabete, hipertensão e problemas placentários é um pouco maior na mulher que engravida tardiamente.” A incidência de doenças graves no feto também aumenta conforme a idade da grávida avança. Na opinião de Dzik, as mulheres têm a falsa ilusão de que a medicina reprodutiva pode recuperar o tempo perdido. “A gente pode fazer muita coisa, mas o obstáculo maior ainda é a idade da mulher. 

Quem posterga a gravidez pode ter escolhido não ter filhos

A mulher que malha todos os dias, cuida da pele e parece mais jovem acha que pode tudo. É difícil para ela entender que a aparência jovial não se reflete na idade ovariana. Atrasar a maternidade é uma tônica da mulher moderna, mas a natureza é implacável".  (Fonte: Abril.com)
 É difícil pensar em filhos sem uma segurança financeira, mas é bom parar pra pensar até quando podemos adiar o sonho de ser mãe.

.

Comentários

  1. Comprtillhe seus conhecimentos, boas experiências devem ser compartilhadas. O próximo artigo publicado pode ser o seu. www.recien.com.br
    Siga nos pelo twitter: @recien_revista
    Faça parte do orkut: Revista Recien

    Marketing e Divulgação.

    ResponderExcluir

Postar um comentário