22 de março de 2012

18 Semanas :)

" Nesta semana, o começo oficial do seu quinto mês de gestação, o bebê pode ter chegado a 15 centímetros de comprimento se medido do alto da cabeça até o bumbum, e já é capaz de sentir e ouvir. "
:)

13 de março de 2012

Alimentação na Gravidez

Quem me conhece sabe que eu sempre dei trabalho para minha mãe no aspecto de uma alimentação saudável. Meu "paladar de criança" me faz trocar o café da manhã e a janta por um Toddynho/Nescauzinho... ou o almoço por uma pizza de atum!

Mas... com a gravidez alguns dos hábitos nada saudáveis tem que mudar né? Estou tentando comer melhor... refrigerante que eu tomava mais antes agora raramente vejo, tô abusando de sucos... (menos de manga que eu enjoei e tomei até antipatia pela fruta hehehe)

Agora que os enjoos praticamente sumiram eu estou me alimentando melhor... mas tenho que confessar que também dei minhas "escapulidas" e comi McDonalds no final de semana... mas poxa foi desejo! hahahha e sem o refri.. só a batatinha e o sanduíche mega calóricos mesmo! (Mas vamos deixar isso para lá né?)

Outro hábito que eu não tinha mas que o bebê está modificando no meu corpo é comer de 3 em 3 horas. Enzo deve ter um reloginho interno que me avisa (com roncos nada discretos) exatamente 3 horas depois da minha última refeição que já está na hora de providenciar a próxima... antes eu ficava muito tempo sem comer e beber água, agora o bebê já me avisa certinho!

Abaixo algumas dicas de alimentação para gestantes que recebi por e-mail do site BabyCenter Brasil:


Fast food saudável

1. Salada de fruta e porções individuais de fruta prontas para o consumo, vendidas em supermercados. Prefira saladas de frutas sem açúcar. 

2. Leite de soja ou suco com soja em caixinha. Carregue uma embalagem do seu sabor preferido na bolsa. Dependendo do tipo, uma embalagem já supre até um terço das suas necessidades diárias de vitamina D e cálcio durante a gravidez. Confira os dados nutricionais na embalagem para ter certeza de que o produto contém cálcio. Leites com chocolate de caixinha também valem, mas não abuse, porque eles podem ter açúcar demais. 

3. Uva passa. Um punhado de 30 gramas fornece 2 gramas de fibra, 4 por cento da quantidade diária recomendada de ferro e até 1 grama de proteína. 

4. Iogurte natural. Esse alimento clássico e conveniente pode fornecer até 25 por cento da sua necessidade diária de cálcio, além de proteína, fibra e várias outras vitaminas e sais minerais. Vale tomar com colher ou de beber. Você também pode bater com frutas, para variar o gosto. 

5. Misturinha de cereal, amêndoas e frutas secas. Misture algum tipo de cereal com amêndoas ou castanhas de caju e passas ou a fruta seca de que mais gostar, e mantenha um saquinho no carro, por exemplo, ou na bolsa, para um lanchinho crocante e nutritivo que pode ser feito em qualquer lugar. 

6. Bufê de saladas. Aproveite ao máximo essa opção nos restaurantes, em especial nos "quilos", e sirva-se de verduras, legumes e até frutas. Boas opções são espinafre, cenoura, tomate, erva-doce, pepino, abobrinha. O grão-de-bico é uma ótima fonte de proteína. 

7. Palitinhos de cenoura. A cenoura contém bastante vitamina A e fibras. Você pode preparar seus palitinhos de cenoura em casa e carregá-los durante o dia, ou então comprar saquinhos de cenouras baby no supermercado. Outra opção é refogá-las no jantar com outras verduras, como brócolis, couve-flor e espinafre (que podem ser encontrados em alguns supermercados já lavados e congelados, para economizar seu tempo). 

8. Queijo. Tenha sempre na geladeira mussarela em nozinhos ou palitinhos, bolinhas de mussarela de búfala ou potinhos de queijo cottage, o que preferir. Se achar versões light, com menos gordura, melhor. O queijo é rico em cálcio e possui alguma proteína. E, desde que você não vá passar o dia inteiro fora num clima muito quente, dá para carregar um pouco na bolsa para o lanchinho da manhã, por exemplo. Só tome cuidado com queijos tipo frescal e queijo coalho, que podem ser feitos com leite não-pasteurizado. Queijos com fungos, como gorgonzola, brie e roquefort, também não são aconselháveis. 

9. Sucos naturais. Em qualquer esquina você consegue encontrar um suco de laranja fresquinho, feito na hora. Varie os sabores pedindo para acrescentar acerola, mamão ou cenoura, ou o que você gostar mais. Sucos feitos com a própria fruta são mais nutritivos que os feitos com polpa congelada, portanto não deixe de perguntar como eles são feitos e prefira os frescos. 

10. Cereal matinal. Prefira os que não são doces. Às vezes eles são vendidos em embalagens individuais. Senão, compre um pacote grande, abra, ponha uma porção num potinho bem fechado e leve para o trabalho. Vai ser ótimo encontrar alguma coisa para comer na hora da fila do banco ou na sala de espera do médico. Quase todos os cereais matinais são enriquecidos com ferro e vitaminas. 

Comidas pouco nutritivas

1. Macarrão instantâneo tipo lámen. Esse tipo de macarrão é prático, mas tem muito sal e muita gordura, e praticamente mais nada. 

2. Refrigerante. Rico nas chamadas "calorias vazias". Prefira tomar sucos, água com gás com limão ou até um copo de leite. 

3. Sopas de saquinho. Apesar de serem rápidas de preparar, elas possuem quantidades astronômicas de sal. Experimente um dia fazer um caldo de frango cozinhando a carcaça de um frango assado, por exemplo, com pedaços de cenoura, cebola e salsão. Congele em pequenas porções e depois é só esquentar, misturar arroz, macarrãozinho ou legumes para uma sopa mais nutritiva e quase tão prática quanto a instantânea. 

4. Comidas congeladas industrializadas. Elas costumam ter muitos conservantes, gordura e sal. Procure rotisserias com produtos mais caseiros congelados, ou então leia com atenção a embalagem em busca das opções com menos sal e gordura. 

5. Alface americana. Não é que ela faça mal, mas, já que é para comer salada, escolha folhas mais verdes. Até outros tipos de alface, como a romana, têm muito mais fibra, vitaminas, ácido fólico, cálcio e potássio. A alface americana é feita praticamente só de água. 

As recomendações deste artigo são de Heidi Reichenberger, representante da American Dietetic Association, e de Elizabeth Somer, nutricionista e autora dos livros Nutrition for a healthy pregnancy: The complete guide to eating before, during and after your pregnancy, e de 10 armadilhas que detonam a dieta de uma mulher (editora Gente)


.

12 de março de 2012

16 semanas (4 meses)

Nas próximas três semanas ele vai passar por um grande estirão, dobrando de peso e crescendo vários centímetros. Tanto dentro como fora da barriga, bebês adoram brincar. O seu talvez já tenha descoberto seu primeiro brinquedo -- o cordão umbilical --, que ele vai puxar e segurar para se divertir. Às vezes ele pode apertá-lo a ponto de reduzir a quantidade de oxigênio que passa por ele, mas não se preocupe -- ele não conseguirá apertar tempo suficiente para se prejudicar.  O sistema circulatório e o trato urinário estão em plenas condições de funcionamento, e o bebê inala e exala líquido amniótico pelos pulmões. 





6 de março de 2012

Menino ou Menina?


Não sei se é coisa da minha ansiedade mas se eu pudesse no dia que descobri a gestação já queria saber se o bebê seria menino ou menina...
Meu marido também está super ansioso... no dia que descobrimos que eu estou grávida ele fez 2 compras pelo ebay! Comprou uma máquina fotográfica para registrar a gravidez e o baby claro! E comprou o INTELLIGENDER o teste que promete revelar com 90% de acerto o sexo do seu baby.
O Exame custa em farmácias em torno de 300 reais. No Ebay custou 40 dólares #todoscomemora
O teste é assim: Você acorda e faz logo xixi no potinho do teste. Espera 10 minutos. Pronto! Se ficar verde escuro você terá um menininho, se ficar laranja (fanta) será uma menininha!
Ahh mas só pode fazer a partir de 10 semanas viu? Antes nem adianta que não dá certo...
O que já é vantagem pois pela US só depois de 4 meses e ainda tem o risco do seu bebê te trollar ficando numa posição que não dá para visualizar a genitália.
Aí você me pergunta, e se forem gêmeos #comofas? Aí a empresa diz que pode não dar o resultado certo... nem em casos de mães que fizeram tratamento para engravidar! Pois os hormônios que foram usados podem alterar o resultado!
O teste chegará nos próximos dias (?) mas eu só posso realizar após as 10 semanas, ou seja lá para fevereiro... até lá façam suas apostas!
(...) 

E chegou fevereiro... e nada...
(...)

e chegou março... e nada... 
(...)
Cansamos de esperar o teste e apostamos na US mesmo...


Atenção!!!
Acabamos de descobrir o sexo do nosso baby!
MENINO!!
Enzo está chegando!!