Dia Mundial da Doença Falciforme - 19/06


Ontem eu tive a oportunidade de participar do Dia Mundial da Doença Falciforme. O CERDOFI - Centro de Referência em Doença Falciforme de Itabuna realizou uma campanha educativa e atividades diversas como parte das comemorações do Dia Mundial da Doença Falciforme. Foram realizadas oficinas e apresentações culturais voltadas para a informação e entretenimento dos portadores da doença e de seus familiares. Participei da Oficina sobre Gravidez na Adolescência e Doença Falciforme, onde abordamos sobre as complicações que uma gravidez (planejada ou não) pode trazer a portadora da doença, bem como os métodos contraceptivos que podem ser utilizados e reforçamos a importância do sexo seguro.
O CERDOFI fica na: Rua Miguel Calmon, nº 95, centro
Eu (e Enzo) e a enfermeira hematologista e hemoterapeuta coordenadora do CERDOFI - Michelle Menezes. Uma profissional extremamente competente e dedicada que admiro muito! Parabéns pelo seu trabalho Michelle! Adorei ter participado do evento e espero voltar mais vezes viu?
Dra. Fábia, Eu (e Enzo de novo!) e Dra. Teresa Cristina - Duas profissionais maravilhosas que desempenham um trabalho dedicado no CERDOFI.
Parabéns para toda equipe multiprofissional do CERDOFI pelo belíssimo trabalho!! 


Saiba mais sobre o trabalho do CERDOFI
Em Itabuna o Cerdofi atende 457 pacientes que são acompanhados constantemente pela equipe médica multidisciplinar da unidade e, na Bahia o número de pacientes que nascem comesta patologia é de 1 para cada 600 nascidos vivos.Segundo Michele Menezes Souza, coordenadora no centro de referência, a missão do Cerdofi é diagnosticar precocemente a anemia falciforme reduzindo a morbi-mortalidade pela doençamelhorando a longevidade e qualidade de vida desses pacientes.Ela informa aindaque os participantes das atividades do Dia Mundial da Doença Falciforme receberão alimentação e kits com utensílios para ajudar no tratamento da doença. O trabalhoquemobilizará toda equipe de saúde integrada por hematologistasenfermeirosfarmacêuticospsicopedagogasassistentes sociaiseducadora físicapneumologistaneuropediatrafisioterapeutapromoverá também a atualização do cartão de vacinas básicas para as crianças.
que é?
doença falciforme é uma das patologias genéticas mais comuns em nossa população, e apresenta nosprimeiros anos de vidamanifestações clínicas que devem ser observadas. De origem africanaseu surgimento éatribuído ao processo de seleção genética que protegeu a população da malária.
No Brasil, desde o período do império, a doença foi trazida pelos escravos - por este motivo ela é mais freqüente onde a influência dos escravos foi maior, especialmente no Nordeste, Rio de Janeiro e Minas Gerais). Hoje, devido à grande miscigenação da nossa população, ela pode ser encontrada em todos os segmentos raciais do Brasil.
A principal característica da doença é fazer com que as hemácias (células do sangue) nascidas defeituosas se adaptem as paredes dos vasos sanguíneos, obstruindo-os e dificultando a circulação do sangue, levando o paciente a uma crise de extrema dor. Daí a importância de seu diagnóstico precoce através do teste do pezinho, realizado no quinto dia de vida do recém-nascido, bem como do tratamento adequado e do acompanhamento especializado.

Já falei anteriormente sobre a Doença Falciforme aqui na página: http://www.maylu.com.br/2011/06/campanha-do-laco-laranja.html

Saiba mais sobre a Doença Falciforme:

Comentários