24 de janeiro de 2012

US com 9 semanas

Apesar do susto de ontem estamos bem!!!! Mas ficarei de castigo em casa, serão 15 dias de repouso!!! afff...
E agora meu bebê já não é mais um feijãozinho!
Meu bebê já tem 2.5cm!! E já tem mãozinhas curtinhas!!!
:)

7 de janeiro de 2012

E a ficha quando cai?

Depois de alguns dias comecei a me questionar se realmente estava grávida. Será que não era um falso positivo?

Será que esses sintomas todos não eram psicológicos (gravidez psicológica que nem minha dachshund Misty teve?)

Mas aí vem ele me lembrar da gravidez, enjôo seu lindo! E não é só matinal não... o meu vem qualquer hora mesmo... e não vem sozinho, sempre junto vem a amiguinha dele, a azia!
Olhando meu corpo com aquele visão crítica de enfermeira eu achei o  primeiro tubérculozinho de Montgomery no seio esquerdo.

E esse sono incontrolável? Não é possível que não seja gravidez...

Mais convencida que realmente estou “embuchada” me acalmei.

Mas então começaram as paranóias... Minha amiga Daline (minha amiga girafa albina de olhos azuis lá de Barra Bonita que fala porrrrta) me chamava de “Paranóia Woman”
Pois então. Comecei a sonhar que não estava grávida!

Que era Mola Hidatirforme! (Mola é quando você tem sintomas da gestação mas não tem um bebê e sim um tumor!!!!!!!!)

Aí depois veio o medo de ser uma gravidez ectópica (aquela que é fora do útero).

Ou se o bebê não tivesse batimento dentro do útero? Ou se fossem gêmeos siameses?

Aí toda noite passava na minha cabeça um filme do meu tempo de trabalho em maternidade... abortos, bebês prematuros, mal formados...Era horrível!

Toda noite eu orava e pedia que o meu bebezinho estivesse bem dentro de mim... sentir o enjôo e outros desconfortos até me tranqüilizavam, me lembravam que estou grávida...
Mas eu não agüentava mais de ansiedade... não conseguia marcar minha médica para solicitar exames então fiz particular a US.

E todo medo e tensão que eu estava simplesmente desapareceu no momento que eu vi aquela sementinha... parecia um feijãozinho (o feijãozinho mais lindo!) com o coração aceleradissimo! E É UM BEBÊ SÓ!!!!! #todoscomemora

As previsões da minha vó erraram hein! Ela tava torcendo por um casal de gêmeos!

A enfermeira aqui já tinha calculado DUM (Data da Última Menstruação), DPP (Data Provável do Parto), IG (Idade Gestacional)... e tudo certinho viu? Quando o médico ia me falando eu já sabia!!! Ele até achou engraçado quando contei do meu medo de ser mola ou gravidez ectópica!

1ª Foto do Feijãozinho mais lindo

Mas agora já está tudo bem! Baby Enzo ou Alyssa está aqui, firme e forte! E eu passei a ter noites de sono bem mais tranqüilas (fora ter que levantar toda hora para fazer xixi mas isso é assunto para um outro post...)

4 de janeiro de 2012

O Plano Infalível (?) da Surpresa de Natal


Descobrimos minha gravidez na segunda-feira 19/12.

Bastava apenas guardar esse segredo até o sábado 24/12 onde anunciariamos oficialmente a gestação na comemoração de natal em Salvador na casa de minha sogra.

Eu planejava deixar o netbook ligado durante a festa, já com as postagens preparadas: Facebook, Twitter, Orkut (algumas pessoas da família ainda não foram para o face, acreditem!), Blogger.. tudo.

E no exato momento que a família do marido estivesse nos parabenizando eu ligaria meio que simultaneamente par Porto Seguro para anunciar para minha avó, tios e primos.

Simples. Básico. Perfeito.

Não tinha como dar errado né? Mas deu!

E o incrível disso tudo é que dessa vez NÃO FUI EU que deixei o segredo escapar!!! FOI O MARIDO!!!!! E depois falam que mulher que não aguenta guardar segredo...

Em menos de 24 horas os colegas de trabalho dele souberam... então ele me liga dizendo que seria melhor ligar para minha vó e para a mãe dele e contar tudo antes que alguém mandasse mensagem no face ou no orkut (sim elas ainda usam orkut!) dando os parabéns e tal, contassem para elas... elas poderiam ficar chateadas etc etc.

Então ligamos. Elas ficaram eufóricas!!! Minha sogra chorou e minha vó que sonhava com um bisnetinho há muitos anos já apostou alto: Um casal de gêmeos!! (Será? TENSO!!)

Aí como elas já sabiam em questão de poucos segundos toda a nossa família já sabia também! E lá se foi o TIM Infinity anunciando para diversos estados que recebemos a visita da cegonha!

Logo depois anunciei na net e tive muito mais mensagens do que esperava!!! Fiquei emocionada! Super feliz pelo carinho que recebi de parentes, colegas, alunos, ex-alunos, amigos reais e virtuais... foi mara! Foi mais um motivo para me incentivar a narrar minha gestação aqui no blog!
:)

Era uma vez...



Olá pessoas, eu sumi por uns dias devido as viagens e festas de fim de ano e logo depois comecei a trabalhar de novo então só agora estou tendo tempo de atualizar... amanhã já vou completar 7 semanas!!!!!
Se eu demoro um pouquinho mais nem dava tempo de falar da gestação, só do parto!! Affff!!!  (grávidaexageradafeelings)

Mas vamos "começar do começo..."

Nos últimos meses estive focada em duas coisas: Trabalho e academia! Eu estava trabalhando de manhã como professora de enfermagem em uma faculdade aqui de Itb city, de tarde em um posto de saúde e de noite dando aula em uma escola técnica! Isso sem falar que estava também orientando 9 alunas de TCC... Nos poucos intervalos entre os trabalhos eu ainda tava tentando ser atleta malhando desesperadamente para emagrecer a tempo do natal e reveillon! Ufa!
Então... quando chegou em dezembro a situação ficou caótica! Meus horários ficaram muito mais loucos (final de ano #todossurta né?) Isso resultou que comecei a faltar a academia... só que nessa correria eu comecei a não me sentir tão bem, sentia muita dor de cabeça, cansaço, sono... achei que era o stress natalino... (mas não era!!!!!!)

Aí começaram os sintomas que pensei ser da TPM: Aumento da sensibilidade nos seios e inchaço... tudo isso normal, eu já senti várias vezes! Associado aquela dor de cabeça que já falei e o cansaço eu não estava a pessoa mais legal do mundo para se conviver né?

Mas então chegou dia 14 e a minha amiguinha menstruação simplesmente só desceu 1 GOTINHA!!!!!!! Sério mesmo, só 1 GOTINHA! Achei estranho mas novamente culpei o stress natalino...
(em um próximo post eu conto com calma sobre minha amiga Núbia que compartilhava período menstrual comigo e nesse mesmo dia já fez o teste e descobriu sua gravidez, masssss isso é assunto para um post futuro!)

Mas a pessoa aqui entrou em negação né? E para falar a verdade eu estava tão focada nos meus compromissos profissionais que fazer o teste me distrairia, então decidi continuar ignorando (ou tentando?)  a suspeita... quem sabe depois de uns dias ela não descia normalmente e tudo não passou de uma trollagem do meu útero?

E lá se foi um, dois, 3 dias... no 4º dia (dia 18 de dezembro) era um domingo e eu já estava surtadíssimaaaa!! Tive até enjôo matinal mas achei que era adivinha só o que? Stress! (vamos combinar que o psicológico influência muito e tal... mas aí já era negação demais né?)
E no decorrer desses dias já tinha marido super empolgado, mãe eufórica, pai na expectativa e meu irmão fazendo a poker face de sempre!

Segunda-feira, 21 de Dezembro.
 

Pronto. De hoje não passa. Nem dormi na noite anterior, tive vários sonhos bizarros (sonhos bizarros serão um post futuro). Fui de manhã cedo antes do trabalho no laboratório fazer logo o exame para garantir que o resultado saísse no mesmo dia! Nem quis fazer teste de farmácia que eu não confio muito...
Mais uma vez a vida, essa linda, essa caixinha de surpresas... me trollou! O sistema do lab tava fora do ar!!! Aí lá vai eu trabalhar mega ansiosa para só então depois do período do estágio voltar no laboratório e fazer o tal exame!

O resultado sairia as 17h... beleza! Mas ô dia longo... nunca vi o tempo passar tão devagar quanto nesse dia viu?

Pouco antes das 17h cheguei em casa e liguei para o marido no trabalho, ele não queria que eu olhasse o resultado sozinha, sem ele... mas ele só ia chegar mais tarde em casa! Então passei o código do exame para ele pelo cel mesmo e combinamos de acessar ao mesmo tempo!

Entramos no site. login. senha. ok. Ele digitou errado hauhauah Eu não.

Em questão de segundos eu vi o resultado primeiro, entrei em choque e baixei a tela! ( Que?)

Aí ele digitou certo, entrou e constatou a palavrinha mágica: POSITIVO.

Nisso ele começou a gritar serelepemente enquanto eu fiquei em estado de choque: 'O.o
Contamos para meus pais e para meu irmão apenas! Combinamos de só anunciar oficialmente no natal... seria a surpresa, o presente para toda a família... massss rolou um FAIL nesse plano... bom... mas isso já é uma outra história...

(TO BE CONTINUED)

O que você precisa organizar no primeiro trimestre da gestação

1º mês
- Geralmente, quando descobre a gravidez, a mulher já está com pelo menos 15 dias, muitas vezes um mês, de gestação. Assim que desconfiar, ligue para o seu médico e comece a seguir as dicas do segundo mês.

2º mês
- Na primeira consulta do pré-natal, o médico vai pedir uma série de exames para checar sua saúde e seu tipo de sangue. Pode ser feito o primeiro ultra-som, que indicará o tempo de gestação. Até a 27ª semana, as visitas ao obstetra serão mensais.

- Pode ser o momento de partilhar a novidade com a família. A maioria dos casais anuncia a gravidez assim que confirma o resultado. Há quem prefira esperar um pouco mais.

- Algumas gestantes começam a fazer exercícios nessa época - outras, só depois do terceiro mês. Converse com o seu médico. A atividade vai ajudá-la a controlar o peso e fará bem para as emoções, que podem se alterar por conta dos hormônios.

- Diariamente, aplique um creme antiestrias na barriga e nas coxas. Faça isso até o final da gravidez.

3º mês
- Se você e seu médico optaram pelo exame de biópsia do vilocorial (amostra de tecido da placenta para verificar a saúde do feto), marque entre a 9ª e a 12ª semana.

- O fim do terceiro mês é o mais indicado para falar sobre sua gravidez no trabalho, pois a fase mais delicada passou. Mas, dependendo do seu cargo (se ele envolve muitas responsabilidades) ou se a empresa oferece benefícios extras para gestantes, pode ser o caso de comunicar antes. O mesmo vale se você começar a enjoar muito e for necessário se ausentar.

- Como a gravidez está indo bem, também é o momento de os filhos pequenos saberem da novidade. Geralmente, a essa altura, eles já notaram algo de diferente. Então, traduza em palavras.

- Comece a pensar onde e como será o quarto do bebê. Pode parecer cedo, mas, se você vai, por exemplo, reformar a casa para recebê-lo, deve iniciar o projeto. Quando ele nascer, o cheiro de obra e de tinta terá desaparecido - o que demora até 15 dias. Se for apenas comprar móveis e pintar paredes, deixe o assunto para mais tarde.


Fonte: http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI1675-10548,00.html

Esse natal ganhei presente surpresa... mas não foi do papai noel... foi da CEGONHA!!!

Cegonha sua linda que surpresa boa essa...
O melhor presente de natal que eu poderia ganhar!!!
:D