28 de abril de 2012

Sonhos Surreais (!!)

Li há muito tempo atrás (antes de engravidar) que durante a gravidez devido a ansiedade e insegurança comuns dessa fase e pela influência dos hormônios a grávida tem sonhos meio  estranhos, surreais... tá, até aí tudo bem... super normal! E vale lembrar que meus sonhos antes da gravidez já não eram dos mais comuns (como daquela vez que eu apanhava da Britney Spears careca ou quando eu me escondia dentro de um bueiro na Av. Cinquentenário por ter roubado todos os itens da Turma da Mônica em uma papelaria)

Há também aqueles que acreditam nos dicionários de sonhos etc... outros acham que sonhos não devem ser levados a sério, que não fazem sentidos e tal... então vou citar apenas alguns (pois a maioria a gente esquece) dos que eu tive nos últimos meses...

1- Sonhei que meu bebê começava a nascer antes da hora e eu ficava segurando ele entre as pernas e empurrava ele de volta dizendo: "Ainda tá cedo menino, volta para dentro!"
2- Sonhei que colocava o baby no peito e ele não queria mamar e pior, ELE me falava que não queria!!!!
3- Sonhei que minha barriga começava a crescer, crescer, crescer... que nem um balão... até estourar!! (hã?)
4- Sonhei que Enzo nascia e depois do parto quando eu via era uma menina! Aí eu me desesperava pois tinha feito o enxoval para menino mas todos familiares ficavam tranquilos como se só eu não sabia o sexo!
5- Sonhei que na hora do parto descobriam mais bebês escondidos atrás do útero!!
6- Sonhei que minha barriga de grávida tinha desaparecido e eu ficava procurando ela e o bebê...
7- Sonhei que Jason com uma serra elétrica corria atrás de mim dentro do shopping daqui... e eu corria muito (mesmo barriguda) e ficava fugindo dele ao longo da cidade... ele queria serrar minha barriga!!
8- Isso fora de outra vez que em meio a um sonho assim surreal eu me toquei que estava sonhando e acordei, mas acontece que eu ainda estava sonhando e não sabia... sonhei que ia trabalhar etc... só depois acordei realmente e percebi que tinha tido um sonho dentro de outro sonho!! (Inception Feelings)
9- Mas também há sonhos legais como nas várias vezes que tenho sonhos fofos que Enzo já nasceu (e é todo lindo claro!) mas em cada sonho ele tem uma carinha diferente...

Uma outra situação interessante é que poucos dias antes de descobrir que eu estava grávida a minha funcionária chegou de manhã cedo aqui em casa e me disse que havia sonhado que ela estava montando um berço do lado da minha cama. Eu fiquei rindo e disse que por coincidência eu soube no dia anterior que minha amiga Núbia (oi amiga, tá lendo isso? Te adoro! bjs) estava grávida, mas que eu estava de TPM e minha menstruação ia descer... ia né? Só que não desceu... mas essa parte da história eu já contei aqui!

Então nesse caso o sonho dela teve significado sim, mas e os meus sonhos nada comuns? Teriam eles tem algum significado especial ou seriam só resultado da tal ansiedade e dos hormônios gestacionais, ou pior! Será que Jason quer me fazer uma cesariana forçada??? TENSO!! :P

Decidi dar uma pesquisadinha no google sobre sonhos na gravidez e achei esses 2 textos interessantes que explicam justamente o que eu queria saber:

http://bebe.abril.com.br/materia/sonhos-na-gravidez
e
http://saude.hsw.uol.com.br/alteracoes-psicologicas-na-gravidez4.htm


21 de abril de 2012

Placenta age como parasita para proteger o feto

Cientistas britânicos descobriram que a placenta age como um parasita para evitar ataques do sistema imunológico da mãe.
A equipe da Universidade de Reading identificou que a placenta tem um mecanismo de dissimulação muito semelhante ao usado por lombrigas parasitas para se proteger dos ataques do sistema imunológico do indivíduo que o hospeda. A placenta desempenha um papel vital na gestação porque age como um elo entre a mulher e o feto, fornecendo a ele os nutrientes essenciais ao seu desenvolvimento.

Contudo, como tanto a placenta como o feto têm uma composição genética diferente da mãe, em tese eles estão vulneráveis a um ataque do sistema imunológico materno.

Os pesquisadores já sabiam que a placenta secretava uma proteína chamada neuroquinina (NKB). No entanto, foi apenas durante as pesquisas em laboratório que a equipe descobriu que a NKB continha a molécula fosfocolina, que é usada pelo parasita nematóide para desarmar o sistema de defesa do seu hospedeiro. Os cientistas da Universidade de Reading esperam que a descoberta ajude a explicar por que algumas mulheres sofrem abortos recorrentes e condições que oferecem grande risco na gestação como a pré-eclampsia.

Além disso, eles acreditam que aprender a imitar o método adotado naturalmente pela placenta para evitar a rejeição pelo sistema imunológico possa levar a avanços no tratamento de outras doenças, como a artrite.

"Criar um mecanismo pelo qual você pode tornar as células invisíveis ao sistema imunológico pode levar a curas de uma série de doenças e condições", disse um dos cientistas envolvidos na pesquisa, Phil Lowry.

13 de abril de 2012

Visita ao Centro de Parto Normal Marieta de Souza Pereira - Mansão do Caminho - Salvador BA

Oi pessoas! Há séculos era para ter relatado aqui na página a visita que realizei ao Centro de Parto Normal Marieta de Souza Pereira que fica na Mansão do Caminho (lindo trabalho do inenarrável Divaldo Franco) em Salvador.
Tive a oportunidade de conhecer o Centro de Parto Normal no dia 23/03/12 quando estive em Salvador a convite da minha amiga e eterna professora Tania Bispo, coordenadora de Enfermagem da UNEB. Mais uma vez ela me convidou para ministrar 2 aulas as alunas de Residência em UTI Neo e participei também de 2 bancas de TCC.
Além dessas oportunidades profissionais, ganhei esse presente que foi conhecer o Centro de Parto Normal e a Mansão do Caminho!
Ao chegar na Mansão parece que estamos em outro mundo... parece uma cidadezinha, uma vila, tudo tão calmo... tão bonito... árvores, passarinhos! Uma paz maravilhosa!
Dentro do CPN a estrutura é de primeiro mundo! Os apts são equipados com camas especiais para parto, o bercinho fica ao lado da cama da paciente (alojamento conjunto), há cadeira de massagem, bola suíça para exercícios, área de luz para a parturiente deambular... banheira para parto na água!!!!
Eu me apaixonei!!! Queria já ficar lá mesmo para parir hehehe
Para ser admitida no CPN basta que a gestante traga todos seus exames, seja de baixo risco (sem complicações na gravidez) e que esteja em trabalho de parto no momento da admissão!
É um trabalho belíssimo!! Merece ser divulgado!! Recomendo a todos que quando estiverem em Salvador arrumem um tempinho para visitar a Mansão e o CPN.
Abaixo alguns links com mais informações e algumas das minhas fotos pessoais lá.
Folder do CPN
Eu na entrada do CPN
Eu e Tania Bispo - Coordenadora de Enfermagem da UNEB
Apts do CPN
Ambulância do CPN - Caso haja necessidade de transferência para hospital
Recepção do CPN
Recepção - Bonequinhas ordenhando leite, fazendo mãe canguru e amamentando
Eu, Tania Bispo e as alunas da Residência em Enfermagem em UTI Neo
Tania Bispo e sua ex-aluna Lizandra Aquino, enfermeira obstetra do CPN

7 de abril de 2012

Coloque-se no lugar do bebê que chora...

Recebi esse texto na lista de discussão NoveLuas e achei muito interessante...
:)
Coloque-se no lugar do bebê que chora

Como você se sentiria se quisesse conversar com seu marido sobre algo que fosse importante para você, e ele muito cansado de um dia inteiro de trabalho passasse direto por você e fosse olhar os armários da cozinha, depois o guarda-roupas, depois a sapateira, colocasse a mão na sua testa e dissesse para si mesmo:

- Hummm... Os armários estão cheios de comida, o guarda-roupas cheio de roupas lindas, tem sapatos novos na sapateira, ela não está com febre, minha esposa está limpa, bem alimentada, bem vestida, não está com frio nem fome, portanto não há mais nada que ela possa querer ou precisar! Eu a amo muito, mas creio que ela está mal acostumada, vou deixá-la alí falando sozinha, que quando ela se cansar ela dormirá tranquila, pois nada lhe falta..."

Se você como uma mulher adulta, capaz de compreender muitas coisas, não tem apenas necessidades físicas, pq pensar que um bebê recém chegado a este mundo só chora quando está com frio, calor ou fome?? 
Se você, que é adulta quer ser ouvida, beijada, abraçada e acarinhada, se você que é adulta quer sentir que te amam não apenas cuidando de suas necessidades físicas, quer se sentir segura e amada através do contato e da presença de um marido carinhoso, como pensar que um bebê não precisa (muito mais) da presença física e do contato com sua mãe??
Se você que é adulta precisa de presença, carinho e contato para estar feliz, como achar que um bebê também não precisa?
Se você que é adulta não quer "marcar hora" para receber carinho e atenção, como achar que um bebê merece ter isso de forma restrita e limitada?

Coloque-se no lugar do seu filho por um único instante, e por favor: vá pegá-lo no colo, embalá-lo, niná-lo, dê-lhe o peito, e mostre que você o ama da ÚNICA forma que ele é capaz de compreender agora: com sua presença  física!

Autora: Luzinete Rocha Cruz de Carvalho - Psicanalista

4 de abril de 2012

Pressão alta na Gravidez

Depois de vários episódios nada divertidos de oscilação de Pressão (um dia ela sobe muito, no outro ela não cai, despenca!) ontem ela me deu mais um susto... de manhã subiu, de tarde caiu e de noite subiu de novo!
Lógico que junto disso tudo vem os sintomas de mal estar... tontura, náuseas, vômitos, dor de cabeça, inchaço nas pernas... as vezes a "vista escurecia" ou eu até via "pontinhos luminosos", com isso nem aguentei trabalhar... para piorar comecei a ter umas "cólicas", sentia o útero contrair mesmo... horrível...
Hoje fui para minha médica, fui avaliada, novamente medicada, novos exames foram solicitados e encaminhada para avaliação com cardiologista... além do histórico familiar e pessoal eu sei que o stress e a correria também influenciaram para isso acontecer!
O resultado? Estou de castigo! De repouso! 15 dias de atestado... mas pelo menos vou dormir e descansar bastante (duas coisas que eu não estava fazendo mesmo...)

Quer saber mais sobre a Pressão Alta (Hipertensão) na Gravidez? Acesse:
http://brasil.babycenter.com/pregnancy/complicacoes/pressao-arterial/
e
http://bebe.abril.com.br/materia/o-perigo-da-hipertensao-na-gravidez


1 de abril de 2012

10 coisas que nunca te explicaram sobre ter um filho


1) Depois de 9 meses sendo a protagonista, você passa totalmente ao 2º plano, todas as coisas girarão em torno daquele pequeno ser que transformará de forma irreversível a sua vida.

2) Será quase impossível nos primeiros meses sair de casa na hora prevista.

3) De repente, tudo vai parecer extremamente perigoso, desde a poluição emitida pelos carros até os germes do chinelo fedido que o bebê insiste em levar à boca.

4) Mesmo você não gostando de comparações… será inevitável não querer saber se o bebê do vizinho dorme bem de noite ou se faz mais de um cocô por dia.

5) Ser mãe é mais cansativo que ter um trabalho em período integral, porque agora período integral são 24hs ao dia, 7 dias na semana… Ser mãe é um trabalho não remunerado, mas você vai se sentir altamente recompensada no primeiro sorriso banguelo as 6 hs da manhã.

6) Você vai descobrir que tem sim super poderes. Tomar banho em 2 minutos e almoçar em 5 são só alguns exemplos.

7) Para escolher os restaurantes, você vai trocar o guia Michelin, por qualquer restaurante family friendly.

8) Vai recuperar do fundo do baú músicas infantis de quando você era pequena e fazer questão de cantá-las para o bebê, sem se importar com a voz desafinada e com as adaptações das partes esquecidas.

9) Nunca mais lerá más notícias do jornal sem pensar “podia ter sido meu filho” e jamais conseguirá ser indiferente ao sofrimento de todas crianças do mundo.

10) Vai sentir um verdadeiro transbordamento de amor na primeira gargalhada espontânea, ao escutar o primeiro “mamãe”, nos carinhos das mãozinhas pequenas e em tantos pequenos grandes momentos de felicidade que a maternidade proporciona.



Fonte: http://www.facebook.com/photo.php?fbid=337810992903745&set=a.333302983354546.86293.333203666697811&type=1&ref=nf