Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2012

Os DIREITOS do BINOMIO "MÃEBEBE"

Imagem
(derivados da Iniciativa Internacional para o Nascimento “MãeBebe”)
1. Você e seu bebe têm o direito de serem tratados com respeito e dignidade

2. Você tem o direito de estar envolvida e completamente informada sobre a assistência que você e seu bebê recebem.


3. Você tem o direito de receber informação numa linguagem e terminologia que lhe sejam compreensíveis.


4. Você tem o direito ao consentimento informado e à recusa informada para qualquer tratamento, procedimento ou outro aspecto da assistência para você e seu bebe.


5. Você e seu bebe têm o direito de receber assistência que fortalece e otimiza os processos normais de gravidez, parto e pós-parto em um modelo de assistência conhecido como “parteria” ou “MãeBebe”.


6. Você e seu bebe têm o direito de receber suporte emocional contínuo por pessoa de sua escolha durante o trabalho de parto e no parto.


7. Você tem o direito a que lhe sejam oferecidas medidas de conforto e alívio não farmacológico da dor durante o trabalho de parto e de que se…

Ler para o bebê, sim!

Imagem
Você sabe quando devemos começar a ler para o nosso bebê?
(Na foto ao lado Eu e Enzo lendo o livro de Contos de Fadas da Turma da Mônica)
 Muitas mães pensam que só devem começar a leitura quando a criança já está maiorzinha, mas não! Desde cedo já podemos começar! Segue abaixo um texto muito legal falando sobre isso:
Nunca é cedo demais para começar o incentivo à leitura. Mas só vale mesmo se for algo feito junto, despretensiosamente e com prazer

Uma das perguntas mais frequentes que os pais fazem à CRESCER, quando o assunto é incentivo à leitura com bebês, é: “Mas que tipo de livro eu posso ler para ele?”. Querem saber se valem histórias compridas, se os contos de fadas já são adequados... Afinal, ele vai entender ou não o que estamos contando? Para responder, há uma frase que soa quase como um tabu. Para um bebê até por volta de 1 ano, não importa o conteúdo da história. Ele pode até não compreender o dilema da princesa, quantos animais estão na fazenda ou dimensionar o tamanho da flo…

A importância do toque na formação física e psíquica dos bebês

Imagem
Vocês sabiam que nós mamíferos precisamos ser tocados pelas nossas mamães? Os filhotes que são privados do toque adoecem e muitas vezes chegam até a morrer.
A pele é nosso invólucro, nosso maior órgão. Ela é formada pelo mesmo tecido (ectoderma) que forma todo o sistema nervoso ainda dentro do útero, ou seja, a pele se origina do mesmo tecido que o cérebro. Isso já nos dá uma ideia da sensibilidade e importância deste órgão.
E por que o toque é importante? 
O toque é uma forma de linguagem não verbal. Através do toque podemos transmitir calor, amor, conforto, segurança e carinho. É uma das primeiras formas de se fazer contato com o bebê, de dizer o quanto ele é amado, desejado, esperado e querido.
O bebê não precisa aprender a linguagem do toque. Ele já nasce sabendo. Ele sente.
Muito mais do que isso, é através do toque que mãe e bebê conseguem se perceber pela primeira vez como seres únicos, diferentes, apesar de unidos pelo laço do amor.
Ao tocar a pele tão sensível do bebê, é poss…

Chupeta X Dedo X Peito

Imagem
Depois de muito ser bombardeada por "conselhos/críticas" de familiares, amigos, conhecidos, desconhecidos, etc... decidi me informar ainda mais sobre essa polêmica questão: Quem é pior ou quem é melhor? Dedo ou Chupeta?
(Na foto Enzo e seu dedo)
Segue abaixo esse texto bastante interessante sobre o assunto:

Chupeta X Dedo X Peito
por Andréia Stankiewicz, dentista odontopediatra e ortopedista dos maxilares Tudo o que acontece desde o útero, no momento do parto, nos primeiros anos de vida e também na infância, são determinantes na formação dos indivíduos. Por isso, estímulos fisiológicos nesse período são tão importantes para o desenvolvimento do bebê. E nossas escolhas, fundamentais (!) já que repercutirão diretamente sobre a vida de um novo ser.
Vou tentar explicar um pouco da diferença peito x dedo x chupeta, através de uma espécie de "parecer técnico", embasada nas evidências da Ortopedia Funcional dos Maxilares, ok? 
 1. Dedo é natural; chupeta, não
Chupar o dedo faz …

Queda de cabelo no pós-parto

Imagem
Durante a gravidez meu cabelo estava lindo! Cresceu bastante, ficou mais brilhante e volumoso... nas fotos do chá de fraldas e do meu book ele estava um arraso! Mas aí veio o parto... e ele continuava enorme, agora mais preso devido a falta de tempo de lavar ele por causa do meu recém-nascido né? Mas nas últimas semanas mais ou menos ele começou a cair, mas cair MUITO! Cair não, despencar! Se jogar! Eu fui em um salão vizinho aqui de casa e aparei lembram? http://www.maylu.com.br/2012/10/saindo-sem-enzo-pela-1-vez.html Então, achei que ia amenizar a queda... que nada! Continua caindo horrores!!! E para piorar Enzo aprendeu a arrancar meus cabelos também!! Ele agarra e fica grudado na mãozinha e não quer soltar, até puxa! Agora que eu fico careca de vez!!! Ó dó!!
Mas qual é o motivo dessa queda toda de cabelo depois do parto? 
" Todas as mulheres sofrem alguma perda de cabelo no período do pós-parto, umas mais que outras, explica a dermatologista Sandra Johnson. 
Durante a gravidez, as …

Ter um bebê de 3 meses...

Imagem

Dica de Livro: Culpa de Mãe

Imagem
" Culpa de mãe trata da questão maternidade x trabalho. A personagem principal, Fernanda, próxima do término da sua  licença maternidade, descobre-se em profunda crise,  revê seus valores e revela suas inseguranças enquanto busca uma saída para seu dilema. Há 20 dias da volta ao trabalho, Fernanda teme deixar seu bebê com qualquer pessoa, até mesmo sua mãe.  Para encontrar uma solução conta com a ajuda do marido, Olavo, que a apoia qualquer que seja sua decisão, bem como de um grupo de mães que conhece em um passeio com o bebê num  jardim publico. É o "clube das culpadas" ou "culpa de mãe", já que todas as suas integrantes são mães que passaram pelo mesmo dilema um dia e aceitam a culpa como algo inerente à maternidade . No clube das culpadas, Fernanda descobrirá que seu sentimento não é exclusivo. Pelo contrário, é bastante comum em nosso tempo. Fernanda também discutirá, meio a contragosto, a encruzilhada em que se encontra com uma terapeuta , que buscará aju…

Enzo conversando - 20.11.12 - 3 meses

Imagem

Ciência do Início da Vida (CIV) na Globo News - Entrevista com Dra. Elea...

Imagem

Bebês 'intelectuais'

Imagem
Nascemos já bem equipados de conhecimentos. Aos 22 anos, atingimos o pico da capacidade cognitiva. Aos 37, começamos a perder qualidades. Mas os neurónios continuam a formar-se, ao longo da vida

"Ninguém nasce ensinado", diz o ditado. A investigação de Elizabeth Spelke, professora da Universidade de Harvard, EUA, mostra exatamente o contrário. Spelke está, há 30 anos, a tentar demonstrar que existe todo um portfólio de conhecimentos que já vem instalado à nascença. 
No seu babylab, aquela psicóloga analisa bebés e crianças, em brincadeiras concebidas para avaliar o seu grau de conhecimento de... conceitos matemáticos - pasme-se! Através de brinquedos e jogos, a diretora do Laboratório de Estudos do Desenvolvimento verificou que a noção de número/quantidade ou até de geometria é inata. "As crianças, bem como os peixes-zebra ou as galinhas, conseguem reorientar-se numa sala, usando noções de geometria", exemplificou Spelke, recentemente, num simpósio de neurociências o…

Simpósio Internacional de Desenvolvimento da Primeira Infância

Imagem
" O cérebro humano é um órgão incrível. Nesse vídeo, utilizado na apresentação de Osmar Terra, no I Simpósio Internacional de Desenvolvimento da Primeira Infância, é possível ver como se formam as conexões neurais quando o bebê ainda está no ventre de sua mãe. "

Fonte: Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal

Crianças Terceirizadas - por Dr. José Martins Filho (pediatra)

Imagem

Enzo - o tagarela!

Imagem
Todo mundo acha super fofo quando bebês fazem aqueles típicos sons fofinhos e engraçados, mas Enzo com seus 3 meses já faz é um monólogo!!!
Pode ser bem tarde da noite ou logo cedinho às 5h da manhã, do nada ele começa a conversar, a narrar algum fato olhando fixamente pra gente como se todo mundo estivesse entendendo tudo que ele conta ou reclama (e ele reclama bastante! hehe)
Pode ser a  imaginação criativa de mãe coruja mas os sons que ele balbucia as vezes parecem até palavras! Juro!!
Olha a lista que eu fiz do que eu acho que já ouvi Enzo falar: - neneim (neném?) - main (mãe???) - uhú
- é - ãun (não?) - oba - elga (quem é essa filho?)
Tá bom... confesso que só eu que entendo o dialeto do meu filho!  Mas e se a palavra que ele falar primeiro, assim de verdade, for papai ??? Eu queria mesmo que fosse "mamãe" né!! 
E Quando é que o bebê realmente começa a falar? " Ao completar uma ano de idade, o bebê já é capaz de falar, em média, cinco palavras. Os primeiros vocábulos…

Vídeo mostra a pega correta - Amamentação

Desenvolvimento Infantil por Içami Tiba

Imagem

AMAMENTAR NÃO DÁ CÁRIES!

- Há evidências substanciais que relacionam os hábitos alimentares à cárie dentária, sendo consenso geral que o aumento na sua incidência seja resultado do processo de civilização do homem, acarretando alterações nos padrões de vida mais naturais. Em povos que mantêm os hábitos de alimentação ancestrais, a prevalência de cáries é baixa. Entretanto, quando esses grupos entram em contato com a civilização moderna e seus hábitos alimentares, os índices aumentam drasticamente.
DRESTI, DV; WAES, HV. Prevenção coletiva, semicoletiva e individual em crianças e adolescentes. In: WAES, HJMV, STÖCKLI, PW. Odontopediatria. Porto Alegre: Artmed, p. 133-50, 2002. ------------------------------------------------------------------------------
- A sacarose (açúcar) é o alimento cariogênico mais importante e mais amplamente utilizado pelo homem. Tem o poder de transformar alimentos não cariogênicos e anticariogênicos em cariogênicos. Outros açúcares envolvidos na cariogênese são a glicose e a frutose…