Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2009

Feliz 2010 !! : )

Imagem

A Importância do Brincar

Imagem
Talvez poucos pais saibam o quão importante é o brincar para o desenvolvimento físico e psíquico do seu filho.  A idéia difundida popularmente limita o ato de brincar a um simples passatempo, sem funções mais importantes que entreter a criança em atividades divertidas.

Inúmeras vezes os próprios pais inibem as brincadeiras dos seus filhos, exigindo organização e acreditando que os estão ajudando, acelerando a aquisição de comportamentos desejáveis: manter tudo organizado e limpo. Estão na verdade, queimando uma etapa muito importante do desenvolvimento infantil.

Através do brincar a criança está experimentando o mundo, os movimentos e as reações, tendo assim elementos para desenvolver atividades mais elaboradas no futuro.

Através do simbólico jogo da brincadeira, a criança irá entender o mundo ao redor, testar habilidades físicas (correr, pular), funções sociais (ser o construtor, a enfermeira, a secretária), aprender as regras, colher os resultados positivos ou negativos dos seus fei…

O Desmame e a Pré-escola

Imagem
Com o passar dos meses, seu bebê recém-nascido vai crescendo e chega a hora do desmame, que é o  início da independência e a conquista da autonomia. Esta fase de desmame é comparada à entrada da criança na pré-escola, períodos estes em que seu filho deverá  aprender a se separar de seus pais.

Acredita-se que a personalidade da criança vai se construindo através da relação que ela tem com o mundo, que, a princípio, é a mãe. No início, a dependência do bebê é total e necessária. A mãe vai ensinar a essa criança sobre os limites do seu corpo, no contato físico com ela e no lavar, limpar, amamentar etc...


O desmame é uma das mais difíceis missões, tanto para mãe como para a criança. Tirar-lhe o que a sustenta afetiva e fisicamente é agressivo e angustiante. Por um lado o bebê vai começar a ter noção que não é um "continum" da mãe. E por outro lado a mãe perderá a sensação de que é parte da criança, se sentirá perdendo algo.

O período de desmame, pode ser comparado com a entrada …

Bem nutrida e sem enjoo

Imagem
Durante a gravidez, os alimentos certos garantem o bem-estar da mamãe e a saúde do bebê. Veja como comer corretamente e sem indisposições.

Umas sentem fome demais, e outras ficam com menos apetite. Umas enjoam muito, e outras, nada. É provável que até hoje não tenham surgido duas grávidas com exatamente os mesmos sintomas. Todas, porém, precisam prestar atenção no que e quanto comem.

“Quando a mulher sofre essas sensações desagradáveis, que a deixam indisposta, há algumas atitudes que podem minimizar enjoos e vômitos”, diz a nutricionista Solange de Oliveira Saavedra, gerente técnica do Conselho Regional de Nutricionistas de SP e MS. São elas:
• Comer em pequenas quantidades, dividindo as porções em intervalos curtos, a cada duas ou três horas

• Preferir alimentos bem secos, como bolachas do tipo água e sal e torradas, principalmente no período da manhã

• Mastigar bem

• Não deitar logo após se alimentar

• Consumir líquidos apenas no intervalo das refeições

• Evitar frituras, doce e c…

Estimulando a inteligência do bebê

Imagem
As pesquisas nos últimos 30 anos revelaram que a capacidade de aprendizado dos bebês é muito maior do que se imaginava, e que gerando estímulos no momento certo você pode fazer a inteligência do seu filho decolar.
Meltzoff afirma que a máquina de absorção de conhecimento dos bebês começa a funcionar já nos primeiros dias de vida. Trata-se daquilo que muitas mães já sabiam por instinto quando juravam que seus recém-nascidos eram capazes de proezas como identificar a sua voz.
Além de aprender rapidamente a distinguir a voz humana de outros sons, o bebê, poucos dias depois do nascimento, já reconhece faces, vozes e até os cheiros dos parentes. Antes dos sete meses, é capaz de fazer a distinção entre a sua língua materna e uma estrangeira.
Enquanto o cérebro do bebê está se formando no útero da mãe, ele responde a estímulos externos (a partir do quinto mês de gestação, por exemplo, ele é capaz de ouvir a voz dos pais) e, a partir daí, até o fim da vida, o seu destino é aprender.
Todo esfo…

Dormindo no quarto dos pais

Imagem
.
Quando o bebê nasce, os pais, com freqüência, levam-no para o seu quarto, com a finalidade de facilitar o exercício da nova função: serem pais. As mamadas noturnas, o sono interrompido, o choro, fazem com que até os quatro meses sua presença no quarto seja bastante compreensível, pois o bebê precisa de cuidados mais intensos

Por volta dos quatro meses se faz necessária uma separação física, que o bebê, tenha seu bercinho transferido para outro quarto, com o fim de ter seu próprio ambiente. Muitos pais resistem à idéia de não manter seus filhos ao seu lado durante a noite.

Não é benéfica para nenhuma das partes a manutenção dessa situação inicial. Cria-se uma dependência na criança que só se sentirá segura se acompanhada pela figura protetora dos pais e apresentará dificuldade ao estar isolada deles em diferentes ambientes.

O bebê necessita estabelecer um ritmo de sono adequado em seu próprio quarto. Após os quatro meses, dormir sem a presença dos pais torna-se mais tranqüilo, pois el…

A Pré-História do Bebê

Imagem
Devemos lembrar que cada gravidez tem uma história. Não existe gravidez sem história. Antes do casal iniciar a sua história, cada um já apresentava a sua própria história, seu lugar ocupado na família, seus conflitos resolvidos e não resolvidos, etc. Estas histórias são fruto de modelos familiares, culturais e sociais vivenciado por cada um deles.

Será neste contexto que cada um vivenciará a maternidade e a paternidade, com significados diferentes, de acordo com os modelos construídos a partir de sua vivência familiar. Estas duas histórias formarão a pré-história do bebê, no momento do encontro deste casal, da fecundação.

Fará parte da pré-história do bebê: como seus pais se conheceram, como se relacionavam, o significado de sua concepção para cada um de seus pais, abortos antecedentes, circunstâncias da concepção, expectativas explicitas e implícitas dos pais quanto preferência pelo sexo, profissão a ser escolhida, características físicas, evolução social, etc.

E esta história, po…

Banho de Sol

Imagem
O banho de sol é fundamental para o desenvolvimento sadio das crianças. Mas, se for feito da forma errada, pode abandonar o posto de herói e tornar-se vilão!

Brincar, caminhar ou apenas sentar-se ao sol com o seu bebê, além de prazeroso, faz bem para a saúde e fortalece os laços da mãe com o filho. Com a chegada do verão, é bastante comum que as mamães queiram levar seus pequenos para curtir a praia ou o clube. Estes são ótimos programas em família e estão liberados!

O principal é respeitar os horários indicados, manter a rotina da criança – como a hora de comer e tirar aquela soneca – e ter muita hidratação. Para os pequenos com mais de três anos, a exposição solar pode ser maior, mas sempre intercalando com a sombra.
Neste caso, uma grande árvore ou um guarda-sol é fundamental! Como tudo na vida, sol em excesso pode ser prejudicial. É um dever evitar o efeito pimentão e a desidratação. A pediatra Flávia Kibrit dá dicas de como aproveitar ao máximo os benefícios do banho de sol, e …

Estimule seu bebê ainda na barriga

Imagem
O espaço quentinho e protegido na sua barriga não é um mundo isolado. Mesmo antes de nascer, o bebê pode sentir e escutar o que se passa com a mãe. Melhor do que saber que suas conversas com ele são ouvidas é que esses momentos dedicados a seu filho se refletem no desenvolvimento dele e, acredite, até no comportamento que terá no futuro.



Falar, acariciar a barriga, cantar e ouvir música são gestos percebidos pelos bebês ainda no útero. Esses momentos passam ao pequenino a sensação de tranqüilidade e segurança, e ajudam a estabelecer um vínculo ainda mais próximo com a mãe e o mundo que a cerca. Só isso já seria o bastante para dar toda a atenção para a barriga.

Mas tem mais. Estudos internacionais mostram que ouvir música clássica durante a gestação colabora no desenvolvimento do cérebro do baby é o chamado efeito Mozart.

Outra: o bebê estimulado desde a barriga com carinho, música e conversas tem uma capacidade maior de aprender na infância, e seu comportamento social é mais adequa…

Lista Negra na gravidez

Imagem
Maus hábitos podem comprometer a sua saúde e a do bebê! A saúde do seu filho depende dos cuidados que você toma durante os nove meses da gravidez e enquanto estiver amamentando. Embora você possa levar uma vida praticamente igual à que tinha antes, alguns hábitos devem ser sumariamente deletados da sua vida para garantir uma gestação saudável.







Passe (bem!) longe do cigarro

Pelo seu bem e pela saúde do seu bebê, é fundamental ficar distante das nuvens de fumaça. Se a fumante é você, resista à tentação por um ano e três meses, pelo menos durante a gestação e a amamentação. Fumar durante a gravidez aumenta a possibilidade de aborto, parto prematuro e doenças respiratórias na infância. Uma única tragada é capaz de acelerar os batimentos cardíacos do bebê.



Remédio? Só se o médico mandar

A norma é evitar ao máximo o uso de medicamentos durante a gravidez. A maioria deles não foi testada nesse período e não se sabe se seu uso é seguro. tanto é assim que a maioria das bulas traz advertências …

10 mil visitas !! :)

Imagem
Obrigada a todos que visitam a minha página!

Cuidados com o bebê no Verão

Imagem
1. Posso dar banho de mar?

Até os 3 meses de idade, a imunidade dos pequenos é menor, portanto, até que a criança ultrapasse esse limite, os médicos não recomendam que ela seja exposta à água salgada por uma questão de prevenção. Além disso, nesta idade, o bebê não gosta de água fria e o contato com o mar é desconfortável para ele.

A idade ideal para isso é a partir dos 6 meses, desde que os pais se certifiquem da qualidade da água e da limpeza da praia. Quando a criança começa a andar, ela também desenvolve o gosto pela brincadeira com o vai e vem das ondas. É nessa época que o bebê tolera melhor a água fria e começa a criar uma relação com o mar.


2. Posso colocar o bebê sentado diretamente na areia?

A areia não é muito agradável para o bebê, que se incomoda com os grãos, que se grudam facilmente em sua pele. A criança gosta do que é confortável para ela e, quando muito pequena, a areia definitivamente não é.

Além disso, se muito novo, existe o risco de ele pegar alguma infecção. P…

Trabalho de Parto

Imagem
Benefícios de se movimentar durante o trabalho de parto. Estudos indicam que exercícios fisioterápicos ajudam na dilatação vaginal, facilitam o parto normal e diminuem a dor da gestante.

Movimentar-se antes de dar à luz pode ajudar - e muito - o processo. Foi o que concluíram pesquisadores australianos após avaliar 21 estudos produzidos ao redor do mundo com mais de 3 mil mulheres. Aqui no Brasil, Eliane Bio, fisioterapeuta, chegou às mesmas conclusões ao acompanhar 132 gestantes em trabalho de parto.

O estudo australiano, publicado na biblioteca The Cochrane Collaboration, diz que andar, sentar e ficar de pé pode ajudar que o parto aconteça mais rápido. As mulheres avaliadas que se movimentaram conseguiram reduzir o tempo do primeiro estágio do trabalho de parto e precisaram menos de anestesia epidural. Os pesquisadores concluíram ainda que a movimentação não traz riscos à saúde da mãe ou do bebê.


Exercícios acompanhados por um fisioterapeuta


A pesquisadora brasileira Eliane Bio, fisi…

Aleitamento Materno

Imagem
O leite materno é o mais completo alimento para o bebê. A amamentação também traz muitas vantagens para a mulher. A mãe que amamenta fica ainda mais próxima de seu filho, transmitindo carinho e segurança.

Além disso, ela fica mais protegida de diversas doenças. Amamentar desde o nascimento faz a mulher perder mais rapidamente o peso ganho durante a gravidez; diminui o sangramento do útero, prevenindo anemia; reduz as chances de desenvolver osteoporose, câncer de mama, de útero e de ovário.

- o leite materno nunca é fraco: nos seis primeiros meses de vida, o bebê não precisa de nenhum outro alimento, como chás, água, sucos. Nos primeiros dias após o parto, a produção de leite é pequena, de cor amarelada ou transparente, é o colostro, com alto valor nutritivo e rico em anticorpos que protegem a criança contra doenças;

- a sucção do peito estimula a produção de leite, por isso, quanto mais cedo o bebê começar a sugar, mais rapidamente o leite será produzido. A criança deve mamar no peit…

Beleza na Gravidez

Imagem
Com alguns pequenos cuidados, você vai se sentir bem melhor durante a gravidez. Veja quais são eles:

- Para prevenir as manchas de pele, muito comuns na gravidez, proteja-se do sol mesmo que você seja morena;

- Para diminuir o risco de ter estrias, é só engordar pouco e devagar;

- Caminhadas e exercícios leves ajudam, porque deixam os músculos mais fortes e melhoram a circulação do sangue;

- Você pode utilizar a maioria dos hidratantes ou cremes. Se tiver alguma dúvida, leve na consulta o creme que gostaria de usar.


Atenção:

Durante a gravidez, não use tinturas de cabelo, alisantes e onduladores. Esses produtos fazem mal ao bebê.


Sexo e gravidez

- Enquanto espera a chegada do seu filho, você não precisa deixar de fazer sexo. É até comum que a vontade aumente durante a gravidez. Pode ficar tranqüila - o seu bebê está protegido na barriga, dentro da bolsa d’água.

Qualquer posição é possível, desde que você não sinta desconforto. Você só não deve fazer sexo se sentir dor na barriga ou na …

Dor do parto: Como aliviar

Imagem
Com o corpo e as emoções em sintonia, você pode tornar a experiência do nascimento positiva e inesquecível.

A vida ensina que as dores são passageiras. As mais corriqueiras, como garantem há anos mães, avós e bisavós, “passam antes de a gente casar”. É esse simples relato de dor que a maioria das gestantes leva para o parto, sem saber por que e quanto poderá suportar. Da ignorância vem o medo, e do medo, muito mais dor.

Não é um jogo de palavras. A ciência já comprovou que a dor não é um processo puramente físico. Ela também está sob influência de nossas crenças e emoções. Por isso, em vez de alimentar ansiedades enquanto espera seu bebê nascer, prepare se para esse momento.

Além de suas experiências pessoais, muitas informações, dicas e técnicas podem ajudá-la a aliviar a dor na hora do parto, eliminando ou diminuindo a necessidade da anestesia e, principalmente, evitando a opção prematura por uma cesárea.



Como é a dor do parto?
Ela pode ser comparada a uma cólica menstrual intensa…

Yoga para bebês e crianças

Imagem
A Yoga ganha espaço entre bebês e crianças, abrindo portas para uma disciplina física e mental que pode durar toda a vida.

Se há alguns anos a yoga para gestantes causou frisson, hoje a novidade é a yoga pós-gestacional – depois de acompanhar as acrobacias dentro da mãe, é hora do neném fazer ao lado dela! Mas como surgiu esta modalidade? Além de voltar à forma física, o pós-parto traz o desafio de retomar o equilíbrio emocional para se adaptar à nova fase.

Após darem à luz, muitas alunas da yoga gestacional se viam obrigadas a desistir das aulas por não poderem deixar os bebês por um minuto sequer. Conciliar o cuidado físico e psicológico com tantas obrigações maternas era um grande desafio para todas elas. Foi pensando nestas necessidades que algumas academias criaram a Yoga Baby, para não deixar os baixinhos de fora.

Embora ainda seja recente, o curso tem lentamente se ampliado – nas poucas escolas paulistanas em que é oferecido, a mensalidade média é de R$ 180 por aulas semanais…

Dicas sobre Gêmeos

Imagem
Mães de gêmeos devem ter receio de que faltará leite para os bebês?

É perfeitamente possível amamentar gêmeos, já que a produção do leite depende da demanda. Entretanto, amamentar gêmeos demanda um esforço maior. Os gêmeos são, em geral, bebês pequenos que frequentemente mamam devagar e necessitam serem alimentados em maior número de vezes. Além disso, os recém-nascidos demoraram algum tempo para adquirir uma rotina de amamentação, e com gêmeos, esse tempo pode ser mais prolongado.


Qual o melhor esquema para amamentar gêmeos?

A amamentação pode ser em esquema de livre demanda (amamentar sempre que os bebês solicitarem) ou estabelecer intervalos regulares. A vantagem de permitir a amamentação em livre demanda é que em geral ou bebês tem ritmos diferentes e toda a atenção para cada um dos bebês poderá ser dada de forma individualizada. Caso a preferência seja por amamentar em horários regulares, deve-se procurar alternar o bebê que começa a mamar.


Vestir os gêmeos com a mesma roupa é pre…

Mozart para prematuros

Imagem
Música de Mozart ajuda no desenvolvimento de bebês prematuros.

Meia hora de música por dia é suficiente para diminuir metabolismo do recém-nascido.

Um estudo recente feito por pesquisadores israelenses do Centro Médico Sourasky, na cidade de Tel Aviv, em Israel, sugere que as músicas de Mozart podem auxiliar na desaceleração do metabolismo de bebês prematuros, ajudando assim no ganho de peso e crescimento dos recém-nascidos.

A pesquisa avaliou o metabolismo em descanso de 20 bebês prematuros saudáveis, baseando-se no pressuposto de que um metabolismo mais baixo auxilia no aumento de peso. Durante dois dias consecutivos, e por 30 minutos, os bebês ouviram as composições Mozart e tiveram o metabolismo medido. Da mesma forma, mediu-se o metabolismo dos bebês em outros dois dias consecutivos durante 30 minutos sem música.

Após as análises, os pesquisadores identificaram que o metabolismo dos bebês que ouviram cerca de 30 minutos das composições de Mozart diminuiu, em média, 13%.

Segund…

Dicas de Amamentação

Imagem
* As mamas fabricam cerca de 750 ml de leite por dia, quase um litro a cada 24 horas. Além disso, a água responde por 87% da composição do alimento materno. Para dar conta de tamanha produção e manter o bebê nutrido, o corpo feminino necessita de um grande volume de líquidos. Por isso, especialistas recomendam que a mamãe beba uma média de 3 litros ao dia.

* A dieta da mamãe deve incluir representantes de todos os grupos alimentares. A única diferença é que, nesse período, a mulher precisa comer em maior quantidade para compensar o gasto calórico, que agora é maior (de 500 a 800 calorias diárias). Os médicos recomendam dosar o consumo de cafeína, e estudos recentes mostram que o álcool pode contaminar o leite materno e interferir no sistema imunológico do bebê. Por isso, não caia na conversa de que tomar cerveja preta é bom para amamentar

* A preparação das mamas deve acontecer ainda durante a gestação. Uma dica é lavar o bico do peito apenas com água, sem usar sabonete, para manter a…

Sexualidade na Gestação

Imagem
Sexualidade na Gestação: Mitos e Tabus

A mulher grávida e o homem mudam sua forma de ser e de se comportar segundo a sua personalidade, inteligência, cultura, sobretudo em concordância com o desejo ou não da gravidez. Esta é um período de transição cultural, social e econômica que pode influenciar na vida familiar do casal.

Determinados mitos e tabus são vivenciados e dúvidas surgem nesse período, fazendo-se necessário através da educação desmitificá-lo, principalmente no que se refere às questões físicas, emocionais e sexuais. Tanto homem quanto mulher não perdem o desejo sexual durante os nove meses da gravidez.

Visto que a gestação, em determinados momentos, pode simular uma situação de crise, afetando o elo sexual e conjugal, tem-se a opção de recorrer a soluções emergenciais na tentativa de quebrar situações inadequadas do passado. Para o casal, solicitar apoio psicoterápico, ou a terapia sexual, representará um importante passo no desenvolvimento dos indivíduos, promovendo um c…

Como Amamentar

Imagem
Posicionamento

Procure criar condições que sejam simultaneamente relaxantes para si e para o seu bebé. Coloque ambos na posição mais confortável possível.

Se estiver a amamentar na posição de deitada, sente-se o mais direita possível. Se conseguir sentar-se numa cadeira, escolha uma que tenha braços. Existem várias formas de posicionar o seu bébé para o amamentar:

Posição atravessada: esta posição é útil nos primeiros dias do aleitamento. Coloque 1 ou 2 almofadas no colo e posicione o seu bébé num dos lados por forma a que o tórax e o abdómen do bébé fiquem encostados ao seu corpo. Utilize o seu braço direito para manter o bebé na mama esquerda, apoiando com a mão a nuca e a cabeça do seu bébé.

Posição da bola de futebol: esta posição é útil para as mães que foram submetidas a uma cesariana, que tiveram gémeos ou que estão a amamentar bebés pequenos. Sente-se numa cadeira de braços confortável colocando uma almofada ao seu lado para ajudá-la a apoiar o braço e a erguer o bébé.

Manten…

Mudanças físicas na gravidez

Imagem
Como lidar com as mudanças físicas durante a gravidez?
Seu corpo vai mudar todos os dias, ganhar centímetros e novas curvas! Aqui, algumas idéias para cuidar dele, das roupas e da autoestima e se sentir linda.


* Aceite que durante um tempo sua função será a de gestar um bebê. Você vai mudar muito, interna e externamente. E tem de se adaptar a cada fase, às loucuras hormonais do primeiro trimestre, aos novos contornos que vão surgindo no segundo e ao peso e à desaceleração que acontecem no final.


* Em alguns momentos, você vai se olhar no espelho e estranhar. Uma boa forma de elevar a autoestima é prevenir problemas e desconfortos que podem surgir. Como o excesso de peso. Uma dieta equilibrada não só vai mantê-la saudável como também ajudará a não ganhar tantos quilos a ponto de não se reconhecer.



* Prevenir as estrias também a deixará mais tranquila. Hidrate seu corpo, em especial a barriga e as coxas, pelo menos duas vezes ao dia. Cremes específicos para grávidas costumam ter bons…